Ocorreu um erro neste gadget

Blog Archive

31 de dezembro de 2011

O fim de um amor verdadeiro?

Por Joyce B. De 22:09
Opinião: 
Decidi escrever sobre algo que não sei, pode ser que desenvolva algo mais concreto ou só exponha o que penso sobre o amor. Como muitas poesias, versos de músicas, etc. dizem o amor é algo inexplicável, mas já que o blog é para lavar a vida, passar as coisas a limpo, por quê não explicar o inexplicável?
 Quando pequena via a minha vó ler muito, aprendi a ler cedo e acho que graças a ela, mas o que isso tem a ver? O que eu lia quando pequena, era o que imaginava, como toda menina encantada pelo mundo e destruída pelo mesmo, sempre fui muito sonhadora e imaginativa. Em tão minha primeira analise sobre o amor, era o estilo conto de fada. Você pode até ter se casado antes, ou namorado, mas vai ser para sempre e feliz.
Um pouco maior, passei a imaginar que o amor nasce pouco a pouco e você decidem deixá-lo entrar e dominar, ou ignora as batidas fortes na porta do coração. Mas, diferente da primeira versão, o amor você cria, sempre inconsciente, mas você quem cria.
A pouco tempo, alguém me disse que o amor a gente cria consciente, pois acha que sabe o que faz e as vezes não sabe, mas se quiser consegue perfeitamente, deixar de amar alguém, e na hora disse que não e tudo mais, mas não parei de pensar nisso.
E a mais recente é de que você ama como na antiga versão, mas,  você não pode deixar de amá-la, no entanto pouco a pouco amar outra pessoa, mas nunca com tanta intensidade quanto a pessoa amada verdadeiramente.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Lavando a vida Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea